O que é?

A Carboxiterapia teve origem na França em meados de 1930, sendo utilizada para tratar de pacientes com problema de circulação e arteriais.

A técnica evoluiu e hoje é introduzida na área de estética, como um método de fácil execução que consiste na administração do CO2 ou gás carbônico, pela via subcutânea diretamente nas áreas afetadas.

O tratamento da Carboxiterapia tem resultados cientificamente comprovados para o tratamento de celulite, flacidez, gordura localizada, celulite, estrias.

Como é?

A aplicação do gás carbônico medicinal é utilizado no tratamento estético, o produto é introduzido por via subcutânea e todo o material utilizado é descartável.

A quantidade de sessões indicadas varia entre 10 a 20 sessões, porém são determinados de acordo com as condições e o objetivo de tratamento.

A Carboxiterapia pode ser usada também para combater olheiras e as rugas finas ao redor dos olhos através da estimulação do colágeno.

Para quem?

A utilização desta técnica tem com o objetivo a “quebra” das células gordurosas assim melhorando a circulação da área onde houve a aplicação, promovendo também a regeneração tecidual. A Carboxiterapia é indicada para pacientes que apresentam olheiras, gordura localizada, celulite, estrias, flacidez e cicatrizes.

A administração deste tratamento é contra indicado nos seguintes casos: doenças pré-existentes; hipertensão moderada à grave não tratada; alterações da função renal; gestantes; lactantes. Por isso é de extrema importância que o paciente procure uma clínica que lhe ofereça total segurança.

Pós

Não é necessário fazer repouso ou tratamento complementar, podendo o paciente retornar às suas atividades ao fim de cada sessão. O pré-requisito para o procedimento é uma avaliação, evitar roupas justas, exercícios físicos e drenagens por pelo menos 24 horas após a aplicação.

Agende sua consulta UP! Plástica

Artigos Relacionados